O que fazer em Bangkok: Grand Palace

o_que_fazer_em_Bangkok

Há muitas razões pelas quais o Grand Palace é a atração turística número um.

Certamente estará no seu roteiro de o que fazer em Bangkok.

Historicamente importante, espiritualmente significativo e com uma arquitetura riquíssima, cheia de influencias e estilos. São torres douradas pontiagudas, esculturas multicoloridas, diversos jardins e edifícios de uma exuberância única.

O Grand Palace foi residência da família real desde 1782 até o ano de 1925, mas hoje é inundada por multidões de turistas que visitam a Tailândia todo ano.

 

o_que_fazer_em_bangkok

Nesse complexo está o famoso templo do Buda de Esmeralda, WAT PHRA KAEO, que é o Buda mais reverenciado do país.
Para ver o Buda é preciso tirar os sapatos e entrar com respeito.
Ele tem aproximadamente 72 cm, está esculpido em uma pedra de jade.
Em cada uma das três estações do ano o Buda veste uma roupa diferente. A cerimônia de troca de roupa é reverenciada pelos locais é somente o Rei que pode fazer a troca.

Ao sul do palácio está o tempo de Wat Pho, o templo do Buda Reclinado, uma escultura de 15metros de altura por 43 de comprimento.
Nesse templo é também onde começou a primeira universidade do país focada em massagem Tailandesa e ainda preserva a tradição das massagens. Aqui também é possível aprender a fazer massagem ou apenas receber.
Para isso, entre na fila e escolha o tipo (tradicional, com óleo ou nos pés).
Vale um alerta: uma leve dor faz parte do processo de relaxamento, então não se assuste se a mão do massagista for um pouco “pesada”.

 

Horários e Preços

O Grand Palace está aberto todos os dias a partir das 8h30 e os últimos visitantes são permitidos até 15h30.
Nos dias em que as cerimônias especiais ocorrem, como o Dia da Coroação ou HM, o aniversário do Rei , partes do palácio ou Wat Phra Kaeo podem ter acesso restrito.
Os ingressos de entrada para o complexo Grand Palace custaram 500 Baht (e a entrada mais cara na Tailândia comparada a outros templos).

O que vestir

Os ombros e os joelhos devem ser sempre cobertos. Jeans rasgados, tops transparentes, calças apertadas, camisas de futebol e camisas sem mangas são impróprios.
Se você não está com a roupa adequada, existe a opção de alugar fora do complexo, mas já adianto que além das roupas não serem fotogênicas (para não dizer feias), não são lavadas após o uso, ou seja, quando um turista devolve uma roupa, será a mesma que estará disponível para locação.

[Não cometa esses erros na Tailândia]

Como chegar ao Grand Palace

Da parada Skytrain em Saphan Taksin, pegue um barco até o cais em Tha Chang . Do píer, é apenas uma curta caminhada até a entrada principal do complexo Grand Palace. Esta é a única entrada aberta ao público em geral.

Dicas

• Ignore educadamente qualquer pessoa que esteja fora do lado de fora, que lhe disser que o Grand Palace está fechado ou que diz que não será permitido entrar.
• A maioria dos ônibus que levam grupos de turismo descem no complexo às 9h e novamente às 13h, por isso é melhor evitar esses horários.
• Traga água engarrafada com você.
• As fotografias são permitidas em todo o terreno, mas existem algumas áreas onde as fotografias são proibidas. Sinais em inglês, tailandês e chinês deixam claro onde os visitantes não têm permissão para tirar fotos.
• Guias de áudio estão disponíveis a um custo de 200 Baht por 2 horas, mas você precisará mostrar seu passaporte ou cartão de crédito como depósito.
• Folhetos gratuitos que incluem explicações sobre os edifícios principais e um mapa do layout estão disponíveis na bilheteria.

[Leia aqui um roteiro completo por Bangkok]

About Author

TeTe
TeTe
Uma produtora de eventos tentando equilibrar uma vida “normal” com um desejo enorme de descobrir o mundo. Já foram 30 países, faltam 70 dos que ainda preciso conhecer.

Comments

Deixe uma resposta