8 coisas para você não fazer na Tailândia

não-fazer-na-tailândia

Um país com uma cultura tão diferente do Brasil.

É importante você saber o que não fazer na Tailândia , não só por receio de passar por algum constrangimento ou algo do tipo, mas principalmente por respeito aos tailandeses e sua tradição.

1. Não tirar os sapatos

 

É uma falta de respeito não tirar os sapatos na hora de entrar em templos, casa e até em lojas e restaurantes.
Quando visitei a Tailândia em janeiro de 2017 já sabia que era um sinal de respeito tirar os calçados para entrar nos templos, mas não sabia que esse costume também se aplicava nas lojas.
Passei por um super constrangimento, ao entrar em uma loja com minhas sandálias a vendedora começou a falar irritada, eu não compreendia nada (faltou fluência no Tailandês) e cada vez mais ela ia se irritando até eu compreender que era por conta do calçado.
Resultado : ela se recusou em me atender.

Fica a dica, se você notar um par de sapatos na porta, recomendo tirar o seu.

[Roteiro pelo Grand Palace em Bangkok]

 

não fazer na tailândia

2. Não toque ou abrace monges

No dia que fui visitar o Grand Palace, perdi o meus óculos. Estava desesperada em busca de informações quando vejo um monge se aproximando de mim com o óculos na sua mão.
Caramba, minha felicidade foi surreal, afinal perder um óculos novinho no segundo dia de viagem não estava nos meus planos, e nem tinha chegado nas ilhas ainda.
Com meu jeito espalhafatoso de ser, já fui logo dando um abraço e agradecendo. E o monge? Ficou extramente chateado, tirou os meus braços, se afastou e disse: “Don’t touch”, nem sequer olhou nos meus olhos e saiu.

De fato, esse é um ato para você não fazer na Tailândia.
Os monges são altamente respeitados na Tailândia.
Monges nem sequer têm permissão para tocar mulheres.
Os homens, no entanto, podem entrar em contato com monges, mas a maioria ainda manterá uma distância respeitosa.

nao-fazer-na-tailândia

3. Não ter exibições públicas de amor

A maioria dos tailandeses nem sequer dá as mãos ou se abraçam em público, então aconselho que você também evite certas situações.
Claro que não é uma regra tão forte como na religião muçulmana, mas é que aqui no Brasil é normal a demonstração excessiva de “carinho” (leia-se beijos calientes, amassos e por aí vai).
Guarde esse momentos para o quarto de hotel ou se visitar alguma praia deserta.

4. Não sente com pernas esticadas

De todas as coisas para não fazer na Tailândia, apontar ou usar seus pés é um dos piores feitos.
Explico, os pés são considerados a parte mais baixa e mais suja do corpo na cultura asiática.
Quando sentamos, no chão por exemplo, com as pernas esticadas, estamos apontando os pés para algo.
Apontar os dedos dos pés ou o fundo de seus pés para alguém ou para imagem é algo extremamente ruim.
Por isso, muitas das pessoas se ajoelham quando estão de frente para a imagem do Buda.

não-fazer-na-tailândia

5. Não desrespeite a família real

O rei e a família real são altamente considerados na sociedade tailandesa.
Você verá muitas fotos espalhandaspelo país. Portanto, é muita falta de respeito dizer qualquer coisa ou agir com indiferença em relação à família real.

6. Não brinque com as imagens de Buda

Uma vez me disseram que era ilegal tirar ou enviar fotos de Buda fora do país, a menos que tenha sido concedida permissão especial, mas em todos os templos existem milhares de pessoas que fazem isso.
Mas algo é fato, a imagem do Buda é extremamente sagrada, as imagens são compradas para adoração e não para adornos de salas.
Em 2016, um turista tatuo a imagem de buda e foi deportado por ser proibido.
Então, esse é um dos principais itens para não fazer na Tailândia: não zombe da imagem de Buda. Não compre chaveiros, gifts e etc.
A imagem do Buda não representa a Tailândia como a Torre Efeil representa Paris.

[Ilhas Phuket na Tailândia, vale a pena?]

7.Não aceite uma corrida de graça no Tuk-Tuk

Este é um dos maiores golpes nas áreas turísticas da Tailândia.
Os motoristas do Tuk-tuk tentarão fazer uma oferta de corrida gratuita se você visitar uma loja especial.
Alguns irão até chegar a dizer que o destino que você quer ir está fechado e tentar convencê-lo de que eles sabem onde estão as melhores lojas e ofertas.
Ou você será levado por uma peregrinação de lojas sem fim (os motoristas ganham comissões dessas lojas) ou será levado para lojas que trabalham com falsificação e até drogas.
Nunca aceite fazer essa corrida. E tente pegar outro tuk-tuk.

 8.Não aperte as mãos

Os tailandeses não se cumprimentam apertando as mãos porque não gostam de ter contato pessoal com estranhos.
Em vez disso, eles colocam as duas palmas abertas juntos na altura do peito e se inclinam ligeiramente. Isso é chamado wai.
E normalmente vem acompanhado da expressão Sawadee.
Não se curva no comprimento de crianças ou a uma pessoa de menor status.
Se você está saudando uma pessoa de grande importância, incline-se um pouco mais fundo.

[Veja aqui a melhor forma de preparar seu roteiro pela Tailândia]

 

 

 

About Author

TeTe
TeTe
Uma produtora de eventos tentando equilibrar uma vida “normal” com um desejo enorme de descobrir o mundo. Já foram 30 países, faltam 70 dos que ainda preciso conhecer.

Comments

Deixe uma resposta