Destinos internacionais baratos para viajar em 2017

lugares baratos para viajar

Quer fazer uma viagem internacional sem ter que pagar muito por isso? Então você vai querer conhecer os destinos que valem a pena mesmo durante a crise.

Precisa de alguma ideia para onde ir? Considere os destinos abaixo:

México

Se você pensou em visitar o México, agora é a hora!
Para mochileiros de plantão será fácil fazer uma viagem com menos de R$80,00 por dia.
As camas dos dormitórios são bem baratas em vários lugares e em cada canto de rua é possível ver um carrinho vendendo deliciosos Tacos e Nachos.
Se você não é um mochileiro, mas simplesmente procura um lugar com um bom valor, então o México é igualmente uma ótima escolha.
Os destinos populares de praia como Cancun e Cozumel são muito caros, mas você pode fazer seu dinheiro render mais em cidades como: Tulum, Puerto Escondido, Zihuatanejo e Mazatlan.

Tailândia

Popular? Muito.
Mas a Tailândia ainda pode ser um dos destinos internacionais baratos para viajar.
Claro, nem todos os lugares são baratos.
Koh Samui e Phuket possuem ​resorts de luxo. Em Koh Phi Phi a procura é muito grande fazendo as pousadas serem bem valorizadas (tente Koh Lanta ou Koh Chang).
Ao Nang e Railey Beach estão subindo a faixa de preço (os viajantes começaram a procurar por Ton Sai).
Mas quanto mais longe você está das praias mais visitadas, melhor fica.
Vá até norte da Tailândia (até a região de Chiang Mai) e você estará no céu do orçamento.
Aqui, entre os campos de arroz, os templos budistas e as tribos das colinas, você poderá encontrar algumas das acomodações com o melhor valor do país.

 

Bolívia

Além de sua cultura tradicional e sua gastronomia, a Bolívia tem alguns dos pontos de vista mais incríveis, incluindo o lago Titicaca mais alto do mundo e o deslumbrante Salar de Uyuni a maior planície de sal.
Os preços das hospedagens e da alimentação são tão baixos quanto comparáveis ​​ao Sudeste Asiático.
Se você não tem problema com as altas altitudes nos Andes, você pode olhar a passagem imediatamente. Roteiros combinam bem com o Peru.

Colômbia

A Colômbia tem tantas atrações, que cada um vai descobrir o melhor do país.
Mas aproveito para afirmar que infelizmente o país ainda sofre com sua imagem desgastada devido aos conflitos entre as FARC e o governo colombiano.
Esqueça isso! A Colômbia de hoje é um lugar totalmente diferente e muito mais positivo.
Ilhas como a de San Andrés são baratas, tem um mar maravilhoso e ainda é possível combinar uma viagem para Cartagena.

 

Hungria

Esta lista precisava de um lugar na Europa e esse lugar é Hungria.
Budapeste é conhecida como uma opção de festa para jovens, mas também é uma das cidades mais bonitas da Europa, com seu cenário panorâmico ao longo do Rio Danúbio, arquitetura histórica e famosos banhos termais.
Além da capital, há paisagens com lindas colinas e aldeias, com as águas quentes do lago Balaton  (uma hora de carro da capital).

Camboja

Muitos fazem a viagem ao Camboja apenas para ver os templos de Angkor Wat – muitas vezes em continuações de roteiros das vizinhas Tailândia ou Vietnã.
Mas vale a pena visitar o Camboja para mais do que isso: por exemplo, sua costa tem algumas praias e ilhas fantásticas, e as cidades de Battambang e Phnom Penh fazem paradas interessantes ao longo do caminho.
Embora seja um dos países menos desenvolvidos do Sudeste Asiático, também é um dos lugares mais baratos para viajar.

África do Sul

Não é o país mais barato desta lista. Mas o nosso dinheiro ainda rende por lá, outro detalhe importante é que em 2017 tivemos uma quantidade razoável de promoções aéreas para a África do Sul.
É possível comer bem em qualquer lugar, o vinho é muito barato e incrível e você vai pagar pouco se comparar o “menu” de atividades de aventura que inclui: safaris, mergulho com tubarão, e, até equitação de avestruz.

About Author

TeTe
TeTe
Uma produtora de eventos tentando equilibrar uma vida “normal” com um desejo enorme de descobrir o mundo. Já foram 30 países, faltam 70 dos que ainda preciso conhecer.

Comments

Deixe uma resposta